sexta, 19 maio 2017 14:26

Grande Prémio de Ciclismo regressa a Ovar

Classifique este item
(0 votos)

O Grande Prémio de Ciclismo 2017 do Jornal de Notícias está de regresso ao território de Ovar. Nesta edição Ovar acolherá a partida da 1ª etapa, dia 25 de maio, com saída da Praça da República, pelas 13 horas, e a chegada da 4ª etapa, no dia 27 de maio, à Avenida da Régua, pelas 17 horas.

Continuamos a ser escolhidos para servir de palco a grandes eventos desportivos. É mais um contributo para promover a mobilidade urbana sustentável que pretendemos no nosso Município”, sublinha o presidente da Câmara Municipal, Salvador Malheiro, garantindo que “o ciclismo voltou definitivamente a Ovar”.

A propósito do regresso desta prova a Ovar, o autarca refere que é “um importante contributo para a projeção e valorização do concelho e das gentes de Ovar”, avançando que é uma oportunidade que nos “permite revelar um lugar de excelência para a prática desportiva com recursos naturais e construídos que admitem inúmeras atividades”, lembrando que Ovar tem ”atletas e clubes de reconhecido mérito, em diferentes modalidades, com vários títulos a nível nacional e internacional, que muito nos orgulham e que validam a nossa aposta na formação.”

A fim de tornar possível a organização e o apoio logístico necessário à concretização destas duas etapas no território de Ovar, a Câmara Municipal aprovou, em sede de reunião de câmara, por unanimidade, o Contrato de Patrocínio Desportivo a celebrar com a Global Notícias, Publicações, SA, onde se definem as obrigações de cada uma das partes.

Recorde-se que, a Câmara Municipal tem feito uma grande aposta no desporto e no turismo desportivo, através da promoção de inúmeras iniciativas municipais e da captação de grandes eventos nacionais ao nosso território.

Salvador Malheiro afirma que “a aposta no Desporto é grande”, justificando-se pelo facto que “Desporto é saúde, é integração social, é inovação e coesão territorial.”

O autarca reitera que “fomentar a prática desportiva é garantir mais qualidade de vida. É integrar e formar jovens atletas. É garantir coesão territorial com infraestruturas desportivas em todas as freguesias. É valorizar o nosso património natural, ambiental, arquitetónico, religioso, cultural e gastronómico.

Lida 25 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social com distribuição da informação pela Internet, que visa promover a identidade regional e o turismo através da promoção da cultura, património, monumentos, museus, desporto, economia, gastronomia, ecologia e coletividades dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra, Arouca e dos restantes municípios desta região.

Itens relacionados

Assinado o contrato da empreitada de implementação do remate sul do aglomerado urbano da Torreira

Teve lugar ontem nos Paços do Município da Murtosa a assinatura do contrato da empreitada de implementação do remate sul do aglomerado urbano da Torreira, entre o Município da Murtosa, representado pelo presidente da Câmara Municipal, Joaquim Baptista e a empresa  "Manuel Francisco de Almeida, S.A.", de Oliveira de Azeméis, representada pelo Administrador Armando da Costa Almeida, adjudicada pelo valor de 984.987,62€ (novecentos e oitenta e quatro mil novecentos e oitenta e sete euros e sessenta e dois cêntimos).

Presidente de Câmara repudia aproveitamento político de incêndios

O presidente da Câmara da Mealhada desmentiu, hoje, de forma “veemente e categórica”, em conferência de Imprensa, a acusação da oposição (PSD/CDS) de que o Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios (PMDFCI) “está desatualizado e não funcional” e repudiou energicamente o “aproveitamento político que alguns fizeram” de uma tragédia como foi o incêndio que lavrou, durante quatro dias, na freguesia de Barcouço.

Município em destaque pelas boas contas

O Município da Mealhada volta a destacar-se no Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses pela saúde das suas contas. Tal como o ano passado, está em primeiro lugar nos rankings relativos ao menor índice de dívida total e menor passivo por habitante no universo dos 308 municípios portugueses. E figura em segundo lugar no ranking global de municípios de média dimensão.

Faça Login para postar comentários
Pub