Pág. 1 de 2

Fernando Manuel Oliveira Pinto nasceu em Ovar no dia 28 de junho de 1970. Jornalista profissional (licenciado em Jornalismo pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra), ama as ARTES e as LETRAS. "Vareiro de gema" (como costuma afirmar), é fotógrafo e realizador de curtas-metragens de ficção (expõe regularmente o seu trabalho fotográfico e participa em festivais de Cinema e Vídeo), escreve poesia, contos e argumentos; a pintura a óleo e a acrílico é outra das suas paixões. Vejam, na GALERIA, algumas fotografias de Fernando Pinto, colaborador do "ONDAS DA SERRA".

192 dias em Moçambique traduzem-se em mais de 4000 fotografias, 50 vídeos e inúmeros momentos que nenhuma objetiva poderia captar. Baterias explodiram, passaportes roubados (e reencontrados), fronteiras cruzadas e cajus (demasiados) apreciados. Infelizmente, os espinafres não resistiram, acabando dizimados pelas mãos de uma senhora de porte frágil mas força, aparentemente, invejável.

A Câmara Municipal da Murtosa lançou o “Prémio de Fotografia da Murtosa 2017”, destinado a premiar trabalhos, na área da fotografia, sobre a temática de “O Teu planeta é a tua Terra”.

Foi inaugurada na manhã do dia 30 de julho, no auditório da Junta de Freguesia de Válega, a exposição "OLHARES... II Mostra de Fotografia de Válega". As 99 fotografias expostas pertencem a 31 artistas que escolheram a câmara fotográfica para pintarem os seus mundos. "Os seus pincéis são os dedos e as tintas as tonalidades do dia, como salientou o nosso colaborador Fernando Pinto. Nem todos os fotógrafos puderam estar presentes, mas não deixaram de ser apresentados e a sua colaboração valorizada.

Vai ser inaugurada no próximo domingo, dia 30 de julho, pelas 10h30, no auditório da Junta de Freguesia de Válega, a exposição "OLHARES..." – II Mostra Coletiva de Fotografia de Válega”.

Muitas vezes na vida andamos e não caminhamos, vemos e não observamos e ouvimos sem escutar. Gostamos das caminhadas na natureza porque elas nos oferecem a possibilidade se estivermos atentos de observar as pequenas vidas dos insetos, conhecer novas plantas ou ver pegadas de animais.

Pág. 1 de 2
Pub