Roteiro Gastronómico de Carne Marinhoa em Albergaria-a-Velha

Classifique este item
(0 votos)

Albergaria-a-Velha vai lançar o I Roteiro Gastronómico de Carne Marinhoa, que decorre em sete restaurantes do Concelho, entre 5 de maio e 11 de junho. O roteiro implica a confeção e divulgação de pratos que tenham a carne marinhoa como base. “Naco à Marinhoa”, Costeletão à Marinhoa”, “Aba de Vitela em Forno a Lenha”, “Chanfana à Marinhoa” são algumas das 30 propostas que os restaurantes aderentes apresentam.

cartaz do Roteiro Carne MarinhoaA carne marinhoa é um produto endógeno da região e do Concelho de Albergaria-a-Velha, proveniente da raça bovina marinhoa, que tem origem no Baixo Vouga. Foi registada, no âmbito da Comunidade Económica Europeia, como Carne DOP – Denominação de Origem Protegida, em 1994, e certificada como produto de Qualidade (DOP), em 2000. A carne marinhoa varia do rosa pálido ao vermelho escuro, conforme a idade dos animais, é consistente e suculenta, com sabor intenso.

Os restaurantes que aderiram ao Roteiro Gastronómico de Carne Marinhoa são o Solar O Condado, O Petroleiro, Pensão Restaurante Parentes, Casa da Alameda, O Papaduxo e O Lusitano, situados na cidade de Albergaria-a-Velha, e o restaurante Fortaleza, em S. João de Loure.

As vacas marinhoas resultam do cruzamento das raças mirandesa e minhota, de forma a obter um animal adaptado à paisagem do Baixo Vouga Lagunar, capaz de puxar redes na Arte da Xávega, de carregar moliço para adubar as terras e de andar nos campos de arroz. É um animal possante, de pernas altas, adaptável a vários ambientes, mas dócil e calmo. Na década de 1940 foram registados mais de 23 mil animais na região do Baixo Vouga, mas esse número sofreu um forte declínio nas décadas seguintes, com as marinhoas a serem substituídas pelas vacas leiteiras, em explorações agro- pecuárias.

Entre as décadas de 1980-90 ressurge um interesse pela vaca marinhoa, através da Direção-geral de Pecuária e da Associação de Criadores  da Raça Marinhoa, que culmina com o registo DOP e a Certificação de Qualidade (DOP). São animais muito apreciados, que não foram atingidos pelas epidemias bovinas da década de 1990, que originam uma carne de grande qualidade e muito procurada.

O Roteiro Gastronómico da Carne Marinhoa é uma organização conjunta do Município de Albergaria-a- Velha e do CLDS Albergaria Integra’T, em colaboração com a AEBL – Associação para o Desenvolvimento da Estação de Apoio à Bovinicultura Leiteira e a DonAldeia – Associação de Promoção e Desenvolvimento Rural.

Lida 91 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social com distribuição da informação pela Internet, que visa promover a identidade regional e o turismo através da promoção da cultura, património, monumentos, museus, desporto, economia, gastronomia, ecologia e coletividades dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra, Arouca e dos restantes municípios desta região.

Itens relacionados

Inscrições abertas para oficina de produção de objetos em madeira

Vai ter início, no dia 5 de novembro, uma oficina de produção de objetos em madeira no CARA – Centro de Atividades Radicais e Ambientais de Vilarinho de São Roque, de participação gratuita.

Município alarga plataforma na rua Álvares Cabral, no Monte

Na sequência de acordo com os proprietários, a Câmara Municipal da Murtosa está a proceder a uma intervenção de demolição de edificado degradado e construção de muros no novo alinhamento, com vista ao alargamento da plataforma da Rua Alvares Cabral, na freguesia do Monte, num troço situado a poente do cruzamento com a Rua 1º de dezembro e Rua da Varina.

Município organiza semana dedicada aos seniores

Até ao próximo sábado, a Murtosa acolhe a Semana Sénior, que congrega uma série de atividades lúdicas e de convívio, especialmente dedicadas aos jovens maiores de 65 anos.

Faça Login para postar comentários