Pub
Pub

Mais populares

Percursos pedestres/bicicleta em Aveiro

14 Jun. 2018
O nosso magnifico distrito possui dezenas de trilhos onde podemos observar a natureza, pássaros, insetos, flores, árvores e escutar um silêncio que dificilmente encontramos no meio urbano. Por vezes durante as caminhadas poderá cruzar-se com os habitantes desses locais, lembrem-se que um cumprimento e um sorriso não custam nada e fazem muito bem. Nós temos falado com pastores, pescadores, idosos e feirantes que sempre nós ensinam algo e nos relembram de outros tempos em que a sociedade estava mais unida.

As Giestas da Maria Alice

28 maio 2018
Os nossos leitores devem estar recordados de termos contado a nossa aventura de bicicleta entre Castelo de Paiva e Alvarenga. A dada altura em Vila Viçosa – Espiunca - Arouca, no final duma subida, surgiu na curva uma pequena casa, com um bonito e colorido jardim à beira rua plantado. A pequena casa e terreno estavam totalmente submersos por todo o tipo de plantas, flores, vasos e onde as giestas eram rainhas. Como gostamos de fotografia e dos aromas que o ar adornava, paramos um pouco para contemplar a maravilha.

Os caminhos de Covêlo de Paivó

10 Jun. 2018
A aldeia de Regoufe oferece muitas maravilhas para os amantes da natureza e caminhadas. O próprio local tem muitos pontos de interesse, sendo também ponto de partida para os percursos de Drave (PR 14 – A Aldeia Mágica) e Covêlo de Paivó (PR13 - Na senda do Paivó). O percurso que aqui vamos falar é o que fizemos para Covêlo de Paivó.

Onde param os fontanários de Ovar?

25 maio 2018
Espalhados pela cidade e arredores de Ovar, encontramos fontanários cuja função era dar de beber aos vareiros do concelho. A construção dos parques juntos às frentes ribeirinhas, têm melhorado a recuperação de alguns, mas ainda não é suficiente para evitar que parte do património desapareça. Medimos a saúde destas fontes durante um passeio de bicicleta ao longo de oito quilómetros com muitas derivações. Deixamos uma sugestão para planear uma visita a este património indelével da população de Ovar.

Avanca - Percurso do Rio Gonde

3 Jun. 2018
O percurso pedestre do Rio Gonde começa no interior da Casa Museu Egas Moniz em Avanca - Esterreja e deve o seu nome ao rio que o acompanha e desagua na Ria de Aveiro. O mesmo tem como principais atrativos a Casa Museu e os seus jardins, o Rio Gonde e a Ribeira do Mourão.
Pub

Receber Newsletter

E fique a conhecer em primeira mão as nossas reportagens especiais sobre a nossa identidade regional

Hide Main content block

Pub

Últimos Artigos

O Ondas da Serra vai realizar um novo evento, vamos tentar procurar, falar e meditar sobre o “Amor” e nada melhor que procurarmos todos a nossa “Ilha dos Amores”. Com esta demanda em mente vamos caminhar para Castelo de Paiva no dia 22 julho.
A nossa epopeia marítima glorificada pelo nosso poeta mor Luís de Camões, descreve-nos um lugar edílico na “Ilha dos Amores”, Cantos IX e X d'Os Lusíadas. Nestes cantos é revelado a disposição da deusa Vénus em premiar os marítimos portugueses, com um merecido descanso e com prazeres divinos, numa ilha paradisíaca, no meio do oceano, a Ilha dos Amores. Os ventos estavam favoráveis e levou-nos ao encontro desta Ilha em Castelo de Paiva. Localizada em frente ao porto do Castelo, com vista para a Ilha dos Amores, parte um percurso pedestre com o mesmo nome. A sua localizada privilegiada no Rio Douro e junto à foz do Rio Paiva tem uma beleza e encanto especial.
O nosso magnifico distrito possui dezenas de trilhos onde podemos observar a natureza, pássaros, insetos, flores, árvores e escutar um silêncio que dificilmente encontramos no meio urbano. Por vezes durante as caminhadas poderá cruzar-se com os habitantes desses locais, lembrem-se que um cumprimento e um sorriso não custam nada e fazem muito bem. Nós temos falado com pastores, pescadores, idosos e feirantes que sempre nós ensinam algo e nos relembram de outros tempos em que a sociedade estava mais unida.
A aldeia de Regoufe oferece muitas maravilhas para os amantes da natureza e caminhadas. O próprio local tem muitos pontos de interesse, sendo também ponto de partida para os percursos de Drave (PR 14 – A Aldeia Mágica) e Covêlo de Paivó (PR13 - Na senda do Paivó). O percurso que aqui vamos falar é o que fizemos para Covêlo de Paivó.
Após visita ao Vale Mágico em busca da arte expressa nas ruas através do seu ‘Walking Tour de Arte Contemporânea’ voltamos ao ambiente “… cercado de montanhas de formas extravagantes...” de Ferreira de Castro para saber mais da sua história, pois assim o teria de ser... e fomos ao museu. O Museu Municipal de Vale de Cambra situa-se na freguesia de Macieira de Cambra nos antigos Paços do Município, que foi a sede do concelho até 1926. Dista 3Km do centro de Vale de Cambra e é o primeiro andar de um edifíco do séc. XIX onde funciona no rés-do-chão a Junta de Freguesia.

Mais Comentados

Parque das Ribeiras do Rio Uíma

7 Set. 2016
O Parque das Ribeiras do Rio Uíma fica situado nas freguesias de Fiães e Lobão, combinando vários sistemas de zonas húmidas, terrestres e ocupação humana. Neste local podem observar-se espaços muito ricos a nível da diversidade de habitats, albergando grande número de espécies vegetais e animais.

Fabrico do pão-de-ló de Ovar

18 Set. 2016
O Pão-de-ló de Ovar é um doce regional tradicional deste concelho, caraterizado por ser confecionado com a gema do ovo e o seu aspeto molhado e aparentemente “mal cozido”, que acabam por lhe conferir o seu carácter único representativo da identidade vareira. Este doce leva farinha, açúcar, ovos, é batido, leva ou não sal, sendo cozido em fornos e vasilhas de barro próprias a uma temperatura oscilante entre 180 e 220 graus, sendo retirados quase crus e acabando por cozer na forma.

Centro de Ovar

17 Set. 2016
No centro da cidade de Ovar pode passear e apreciar a tranquilidade do seu novo parque urbano, visitar a casa museu Júlio Diniz, saborear o seu pão-de-ló, estar atento às casas centenárias cobertas por azulejo que transformou a cidade num museu para esta arte. Não deixe de visitar o museu de arte sacra ou trajes regionais. No Centro de Artes são realizados espetáculos de qualidade durante todo o ano.

Pão de ló de Ovar doce "mal cozido"

7 Set. 2016
O Pão-de-ló de Ovar é um doce regional tradicional deste concelho, caraterizado por ser confecionado com a gema do ovo e o seu aspeto molhado e aparentemente “mal cozido”, que acabam por lhe conferir o seu carácter único e representativo da identidade vareira.

Pão de ló de Ovar

2 Set. 2016
O Pão de Ló de Ovar é um doce regional tradicional deste concelho, caraterizado por ser confecionado com a gema do ovo e o seu aspeto molhado e aparentemente “mal cozido”, que acabam por lhe conferir o seu carácter único representativo da identidade vareira.
Pub

Siga-nos no Instagram