Pág. 1 de 30

Santa Maria da Feira (179)

Santa Maria da Feira

Situado a sul da AMP, na confluência de um importante conjunto de vias de comunicação, que lhe garantem proximidade aos grandes centros urbanos do Porto, Aveiro e Coimbra, o concelho de Santa Maria da Feira caracteriza-se por uma indústria dinâmica e diversificada, sediando o maior centro mundial de transformação de cortiça e a maior concentração de indústria do calçado, destacando-se também as indústrias de metalomecânica, metalurgia, papel, cerâmica, lacticínios, brinquedos, puericultura e equipamentos para crianças.

Santa Maria da Feira possui importantes motivos turísticos de natureza monumental e paisagística, com destaque para o Castelo, notável exemplar da arquitetura militar medieval, as Termas S. Jorge, considerada uma das melhores estâncias termais do país, o Museu Convento dos Lóios, o Museu de Papel Terras de Santa Maria e o Castro de Romariz. Destaca-se também o complexo do Europarque e Visionarium, o Museu de Santa Maria de Lamas e o Parque Ornitológico Municipal - Zoo de Lourosa, que reúne fauna proveniente dos cinco continentes, devidamente integrada no seu habitat natural, e muitas espécies raras em vias de extinção.

A dinâmica deste concelho passa também pela forte aposta em atividades de interesse cultural e turístico: a Festa das Fogaceiras, o Imaginarius - Festival Internacional de Teatro de Rua, e com especial destaque a Viagem Medieval em Terra de Santa Maria, evento de grande relevo que, durante dez dias, recria espaços e episódios históricos da época medieval.

Fonte: portal.amp.pt

A margem esquerda do Rio Inha em Canedo foi requalificada, dotando agora aquela parte do rio com uma bonita frente ribeirinha com cerca de três quilómetros. Quem circular pela Estrada Nacional 222 entre Canedo e Castelo de Paiva, antes da Ponte do Inha, vira à direita e desce para a Rua da Ribeirinha, onde começa o percurso, que termina no Rio Douro.

Descobrir a magia dos pirilampos e desfrutar de um passeio ao luar, ao som das águas do rio Uíma, é a proposta do Município de Santa Maria da Feira para as noites de 14, 15, 21 e 22 de junho, no Parque das Ribeiras do Uíma. A participação é gratuita, mas sujeita a inscrição prévia, a partir de 5 de junho, e limitada a 30 participantes por sessão.

O Mosteirô Futebol Clube completou no dia 16 de abril, 36 anos de trabalho e resiliência. ‘Unidos no rumo certo’ é o lema de guerra do clube de Santa Maria da Feira. Assistimos no dia 5 de maio, no Campo de Jogos de Santo André em Mosteirô, ao jogo da 12.ª jornada do Campeonato Distrital Traquinas que colocou o Mosteirô a jogar contra o Clube Desportivo de Tarei.

As Invasões Francesas em 1809 deixaram uma marca vincada na história do povo de Arrifana, concelho de Santa Maria da Feira. Há quem diga que tal sofrimento provocou um síndrome de bairrismo invulgar na população.

Ricardo Vieira imortaliza os compositores e as suas criações a cada concerto. O pianista nasceu em Santa Maria da Feira há 33 anos e hoje conquista plateias em todo o mundo. Dezassete anos depois do primeiro concerto com orquestra, no Teatro São Luiz, em Lisboa, garante que nunca vai com “receio para cima do palco”.

Dia 8 de abril, em Rio Meão e Lobão

Dois moinhos do concelho de Santa Maria da Feira – Moinho de Chão do Rio, em Rio Meão, e Moinho do Casqueira, em Lobão – vão estar abertos ao público no domingo, 8 de abril, para visitas guiadas e demonstração de funcionamento, no âmbito da iniciativa nacional “Dia dos Moinhos Abertos de Portugal 2018”.

Pág. 1 de 30
Pub