sexta, 30 dezembro 2016 10:27

Diogo Piçarra na Passagem de Ano em Espinho

Classifique este item
(1 Vote)

2017 chega com música, fogo e animação na Praia da Baía. A Praia da Baía será o ponto de encontro para uma noite especial de passagem de ano. A despedida da última noite do ano e a entrada em 2017 vai ter como cenário a inconfundível Praia da Baía em Espinho. Diogo Piçarra sobe ao palco às 23 horas para um espectáculo a não perder! O fogo de artifício lançado da praia à meia-noite assinala a chegada do Novo Ano! A atuação do DJ Scotch começa logo a seguir à entrada no novo ano e vai animar a Praia da Baía ao ritmo de sons para uma grande noite de festa e alegria. Traga a família e os amigos e entre na onda da Passagem de Ano na Praia da Baía! Uma noite para recordar durante todo o ano de 2017! Viva a Passagem de Ano em Espinho... à beira-mar!

2015 marcou a estreia de Diogo Piçarra nos discos: "ESPELHO” foi um dos álbuns de maior sucesso do ano e originou uma tour que o levou de Norte a Sul de Portugal e às ilhas, tocando para milhares de pessoas, com concertos enérgicos e surpreendentes. Um ano após a edição do referido disco, em Março do corrente ano, Diogo Piçarra apresentou-se em espetáculos de grande produção em Lisboa (CCB), Porto (Casa da Música) e Braga (Theatro Circo), dando início à nova tour que conta já com mais de quarenta concertos realizados.

Para além dos grandes sucessos do disco ("Tu e Eu”, "Verdadeiro”, "Breve”, "Café Curto”, entre outras), canções que têm sido celebrizadas através do seu canal de YouTube, como "Volta”, fazem ainda parte do reportório temas nos quais participa com Jimmy P e Karetus e ainda o seu mais recente sucesso "Dialeto” que já anda a marcar o ritmo deste verão.

Diogo Piçarra, na voz, guitarra e piano é acompanhado em palco por: Francisco Aragão - guitarras e teclado, Filipe Cabeçadas - bateria e Miguel Santos no baixo; um quarteto pop irrepreensível para um concerto ritmado, cheio de boa energia e uma plateia rendida e feliz.

Fonte: Câmara Municipal de Espinho

Lida 642 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social periódico, distribuído electronicamente, que visa através da inserção de notícias, promover a identidade regional, o turismo, e a divulgação/defesa do património natural, arquitectónico, pessoas, animais e tradições, dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, nomeadamente: Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra e Arouca e do forma mais geral dos restantes municípios do distrito.

Itens relacionados

Os Amigos da Tasca Centenária e da música popular Portuguesa

Em Cabomonte – São Miguel de Souto, na Tasca Centenária da Marçalina, um grupo de amigos reuniam-se em convívio à volta das cartas, dos petiscos e das brincadeiras. Com o tempo trouxeram instrumentos, os cantares ao desafio e a vontade de formarem um grupo musical. Desta forma simples nasceu o conjunto “Os Amigos da Tasca Centenária”, composto por seis músicos e uma cantadeira que perpetuam a nossa memoria coletiva com as suas vozes e melodias tradicionais.

Bruno Monteiro: “O violino é a minha paixão”

O equilíbrio entre a emoção e o intelectual define Bruno Monteiro enquanto um dos melhores violinistas portugueses da atualidade. Nasceu no Porto, vive em Santa Maria de Lamas, e falou com o Ondas da Serra sobre as experiências emocionais que cria sempre que toca violino. “Tocar para as pessoas é comunicar emoções e raciocínio. É tudo.” A trabalhar no 12.º álbum, o artista promete mais um trabalho fora do comum, “apaixonado e obscuro”.

Ondas da Serra foi ouvida na Rádio Voz de Esmoriz

Estivemos na Rádio Voz de Esmoriz a falar sobre o Ondas da Serra. Desde a sua origem ao que nos move, partilhamos o segredo do nosso projeto e revelamos os sonhos por cumprir. Foi no dia 25 de junho, quarta-feira. Emanuel Bandeira, do programa Juízo de Bancada, recebeu-nos para contar a nossa história e foi uma conversa especial. Se ainda não teve oportunidade a ouvir, pode aproveitar agora para saber mais sobre a equipa, o projeto e a causa que o sustenta.