Um destes dias fomos pedalar por Válega e Avanca. Iniciamos o percurso pela Rua Ponte de Pedra, perto da linha do norte da CP e do viaduto da Avenida D. Maria II em Ovar. Pedalamos alguns quilómetros em direção a sul, pela Rua do Afreixo, por um caminho de terra batida, sempre com a linha pelo nosso lado direito. A dada altura perto do apeadeiro de Válega tivemos que passar para o outro lado da linha e continuamos a pedalar em direção a sul, mas agora com a linha pelo nosso lado esquerdo.

A revolução industrial e a eletricidade permitiu ao povo, principalmente no ocidente, automatizar uma serie de tarefas domésticas para aumentar a sua qualidade de vida e supostamente lhe dar mais tempo. Com estes adventos surgiram toda uma serie de parafernália mecânica para auxiliar na cozinha, higiene pessoal, tratamento da roupa, jardinagem e outras tarefas quotidianas.

A cidade de Ovar é conhecida pelo seu Carnaval e forma apaixonada como os vareiros o vivem. Esta festa tem extravasado as fronteiras do município e de Portugal atraindo cada vez mais pessoas. Um evento com esta magnitude não se faz sem ajuda de centenas de voluntários, que colocam o seu amor, tempo e talento para o corso sair à rua. Ondas da Serra foi visitar a Aldeia do Carnaval integrado num programa de visitas guiadas promovidas pela secção de turismo do município, para dar a conhecer um pouco dos bastidores deste evento.

Pub