sábado, 07 julho 2018 14:32

É tão bonito! Onde fica? Destaque

Classifique este item
(1 Vote)

O chão de madeira serpenteia entre a maior zona lagunar do Norte de Portugal com o brilho que só a natureza pode proporcionar. Os passadiços da Barrinha de Esmoriz, no concelho de Ovar, são o passeio idílico para amantes de praia, natureza e emoções. É bonito por tudo o que oferece a quem o visita. Simples e poderoso.

Passadiços de EsmorizHoje, o Ondas da Serra faz uma visita guiada pelas cores dos Passadiços de Esmoriz. Percorra os oito quilómetros deste projeto único na nossa fotogaleria. De seguida, agarre a máquina fotográfica, no telemóvel, na câmara de vídeo, ou então ao mesmo tempo, e vá. Desfrute dos sons, da paz, da intensidade do local.

 

Sinta o coração dos Passadiços, a barrinha.

Observe os patos e os pássaros.

Descubra a liberdade dos canaviais.

Oiça o mar.

Aproveite o vento.

Desligue do mundo.

 

Habituamo-nos a ouvir comentários como "É tão bonito! Onde fica?" sempre que partilhamos conteúdo relacionado com este sítio único no concelho. A nossa resposta é: "Sim, fica em Esmoriz!". 

 

Lida 233 vezes

Autor

Ricardo Grilo

Histórias capazes de entrar em contacto com as emoções de quem as lê justificam a minha paixão pelo jornalismo. Natural de Santa Maria da Feira, acredito no potencial de um concelho em ensaios para escrever a sua autobiografia. Aos 24 anos, e enquanto colaborar do ‘Ondas da Serra’, procuro a beleza em escrever sobre uma terra tão especial.

Itens relacionados

Pedalando por Válega e Avanca

Um destes dias fomos pedalar por Válega e Avanca. Iniciamos o percurso pela Rua Ponte de Pedra, perto da linha do norte da CP e do viaduto da Avenida D. Maria II em Ovar. Pedalamos alguns quilómetros em direção a sul, pela Rua do Afreixo, por um caminho de terra batida, sempre com a linha pelo nosso lado direito. A dada altura perto do apeadeiro de Válega tivemos que passar para o outro lado da linha e continuamos a pedalar em direção a sul, mas agora com a linha pelo nosso lado esquerdo.

Rio Inha em Canedo

A margem esquerda do Rio Inha em Canedo foi requalificada, dotando agora aquela parte do rio com uma bonita frente ribeirinha com cerca de três quilómetros. Quem circular pela Estrada Nacional 222 entre Canedo e Castelo de Paiva, antes da Ponte do Inha, vira à direita e desce para a Rua da Ribeirinha, onde começa o percurso, que termina no Rio Douro.

Percursos pedestres/bicicleta em Aveiro

O nosso magnifico distrito possui dezenas de trilhos onde podemos observar a natureza, pássaros, insetos, flores, árvores e escutar um silêncio que dificilmente encontramos no meio urbano. Por vezes durante as caminhadas poderá cruzar-se com os habitantes desses locais, lembrem-se que um cumprimento e um sorriso não custam nada e fazem muito bem. Nós temos falado com pastores, pescadores, idosos e feirantes que sempre nós ensinam algo e nos relembram de outros tempos em que a sociedade estava mais unida.

Faça Login para postar comentários
Pub