Orçamento, GOP's  e Mapa de Pessoal 2018 aprovados Ovar - Praça da República
sexta, 22 dezembro 2017 05:39

Orçamento, GOP's e Mapa de Pessoal 2018 aprovados

Classifique este item
(0 votos)

"Investimentos estratégicos representam 15 Milhões do Orçamento"

O Orçamento, as Grandes Opções do Plano (GOP's) e o Mapa de Pessoal do Município de Ovar para 2018 foram ontem à noite em sede de Assembleia Municipal.

Orçamento, GOP's  e Mapa de Pessoal 2018 aprovados O Orçamento e GOP's do Município de Ovar para o ano de 2018 é de 33.805.654 euros, e respeita a regra de ouro do equilíbrio financeiro, ou seja, a previsão de receitas correntes é superior à estimativa de despesas correntes a realizar, permitindo a libertação de um saldo corrente de 2.874.571 euros para a concretização de investimento municipal. Salvador Malheiro, presidente da Câmara Municipal de Ovar considera que se trata de um instrumento de gestão financeira ajustado à realidade da Câmara Municipal de Ovar, adiantando que "conseguimos, em tempo útil, um orçamento rigoroso, transparente, objetivo e que garante a habitual sustentabilidade financeira do Município".

O autarca adianta ainda que "O tempo do mandato autárquico disponível para concretizar o nosso Plano de Ação é muito escasso e precioso  e não nos podemos desviar do essencial da nossa tarefa: promover o desenvolvimento concelhio, reforçar a coesão territorial e o bem-estar da população vareira, afirmar Ovar no contexto regional e nacional, capacitando o Concelho dos equipamentos e infraestruturas públicas para que esta seja a primeira escolha de cada vez mais pessoas e famílias para viverem, investirem e empreenderem, para estudarem e investigarem, para praticarem desporto, para usufruírem do nosso singular concelho de Ovar".

 

Prioridade Absoluta aos Investimentos com Candidaturas a Fundos Comunitários

Para 2018, será dada prioridade absoluta a todos os investimentos estratégicos cujas candidaturas estão aprovadas ou a ser preparadas pelos serviços municipais, sendo decisivas as taxas de execução física e financeira de todos os projetos do Portugal 2020 – PEDU, PACTO da Região de Aveiro, POSEUR e outras, que serão reavaliadas no decurso do ano pelas entidades gestoras dos fundos comunitários.

 

Orçamento de continuidade de projetos e políticas já assumidas e Orçamento com novos projetos

Salvador Malheiro considera que o Orçamento de 2018 é um documento de continuidade dos projetos e políticas já assumidas, adiantado que "queremos que, no próximo ano, estejam em pleno funcionamento as USF de Maceda e Válega, queremos rentabilizar e colocar ao serviço da população os equipamentos existentes em todo o território, em concreto, o Museu Escolar Oliveira Lopes, o Pólo de Inovação Social de S. João, os Pavilhões Gimnodesportivos e outras infraestruturas existentes, a Escola de Artes e Ofícios, o Espaço Empreendedor, os Postos de Turismo, o Centro de Arte, entre outros".

Acrescentando que é um documento que acomoda novos projetos, como "o projeto de Reabilitação da Escola António Dias Simões, a construção de alojamento para famílias vulneráveis, a valorização das acessibilidades da zona industrial de Ovar, a dinamização das unidades de execução para as novas áreas de acolhimento empresarial, o estudo técnico para a realidade do estacionamento do centro da cidade de Ovar e a eventual criação de um modelo de financiamento dos transportes urbanos vareiros. Para além disso, este orçamento reflete projetos já assumidos como o Esmoriztur, a beneficiação do Centro Cívico de Arada, a requalificação da zona da Habitovar e do Casal, o Orçamento Participativo, a Alameda do Padre Manuel em Cortegaça, a requalificação da Praia do Furadouro, o polidesportivo da Ponte Nova, o arranjo da envolvente ao Pavilhão de Cortegaça, o Parque Merendeiro em S. Vicente de Pereira. Não esquecendo os projetos estratégicos promovidos pela AdRA – Saneamento em Arada, Válega e Torrão do Lameiro, pela POLIS – Conclusão da Barrinha e dragagem da Ria, pela ARH na defesa da Costa, pela EDP". Concluindo que "para verificarmos a importância destes investimentos, sublinho o seu valor que ultrapassa os 15 Milhões de euros".

 

Proximidade continuará na ordem do dia

No próximo ano, a proximidade continuará na ordem dia e o edil garante que "iremos continuar a associarmo-nos e a trabalhar com todas as entidades participadas, empresas e instituições que intervenham diretamente no nosso território. Queremos continuar a merecer a confiança e o reconhecimento das entidades externas e dos órgãos regionais e nacionais da Administração Pública. Iremos continuar a apoiar e a reconhecer as associações, as juntas de freguesia, as corporações de bombeiros, os agrupamentos de escolas e aqueles que vão muito além das suas competências legais e ultrapassam as normais expetativas da sua função social." Acrescentando ainda que "pretendemos  aprofundar e ampliar  a relação com os privados, seja ao nível do apoio às famílias, seja na proximidade às empresas e ao tecido económico do concelho, mas também aos investidores privados que, por exemplo, estejam envolvidos na reabilitação urbana, uma das prioridades em sede do PEDU".

Lida 325 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social periódico, distribuído electronicamente, que visa através da inserção de notícias, promover a identidade regional, o turismo, e a divulgação/defesa do património natural, arquitectónico, pessoas, animais e tradições, dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, nomeadamente: Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra e Arouca e do forma mais geral dos restantes municípios do distrito.

Itens relacionados

As quatro cidades de Emanuel Bandeira

É em liberdade pela cidade que Emanuel Bandeira se sente feliz. A sua agenda revela um desejo insaciável por contribuir para que “a melhor cidade do mundo” continue a progredir. Mobiliza o seu tempo em prol deste local com vista privilegiada para o mar. Contamos quatro cidades dentro da cidade de Emanuel, em pleno coração vareiro. Hoje, Esmoriz conta mais uma história sobre Emanuel ou será Emanuel a falar sobre Esmoriz?

S. João da Madeira recebe II Encontro da Rede Portuguesa de Turismo Industrial

Encontro em S. João da Madeira, nos dias 5 e 6 de abril | Turismo industrial dá passos para formalizar rede nacional | Programa inclui apresentação da Norma Portuguesa da Qualidade do Turismo Industrial

Os promotores de programas de turismo industrial em Portugal estão a dar passos firmes no sentido de formalizarem a rede que já os une e que marcou encontro para o edifício da Torre da Oliva, em S. João da Madeira, nos dias 5 e 6 de abril.

Município de Ovar volta a marcar presença na BTL Azulejo, Pão-de-Ló e Procissões Quaresmais em destaque na edição de 2018

Depois do retumbante sucesso do ano passado, o Município de Ovar voltará a marcar presença, com stand próprio, na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) 2018, que decorre entre 28 de fevereiro e 4 de março, em Lisboa. Em destaque estarão, como habitualmente, as marcas Ovar - Cidade Museu do Azulejo, o Pão-de-Ló de Ovar e o Património Arquitetónico e Religioso, introduzido por um elemento inovador - uma maquete do centro da cidade de Ovar, da autoria do artesão vareiro José Maria Costa, na qual pode ser visualizado o património arquitetónico, o património azulejar e o património religioso, que inclui uma das seculares procissões quaresmais.

Faça Login para postar comentários