Troupe de Reis da Associação Cultural e Recreativa de Sande, Salgueiral e Cimo de Vila e Grupo Folclórico da Região de Ovar – 2018 Troupe de Reis da Associação Cultural e Recreativa de Sande, Salgueiral e Cimo de Vila e Grupo Folclórico da Região de Ovar – 2018
quarta, 10 janeiro 2018 13:46

Troupe de Reis da Associação Cultural e Recreativa de Sande, Salgueiral e Cimo de Vila e Grupo Folclórico da Região de Ovar – 2018

Classifique este item
(0 votos)

Ondas da Serra esteve no dia de Reis, 6 de janeiro, no café Ideal, com muitas décadas e tradições em Ovar para escutar as troupes convidadas. A oitava troupe a cantar pertenceu à Associação Cultural e Recreativa de Sande, Salgueiral e Cimo de Vila e Grupo Folclórico da Região de Ovar.

Orientação artística: Ana Silva, Carlos Marques e Pedro Matos;

Arranjos musicais: Ana Silva, Carlos Marques e Pedro Matos;

Letras: Pedro Matos e Ricardo Almeida;

Violões: António Silva, José Gonçalves e Nuno Silva e Pedro Martins;

Violino: Ana Silva;

Solistas: Carlos Marques, Inês Gonçalves e Pedro Matos;

Vozes: Dolores Ribeiro, Fátima Pereira, Irene Marques, Manuela Barros, Maria de Jesus Palhas, Maria Patrocínio Silva, Rosa Repinaldo, Rosa Soares, Rosalina Branco, Domingos Silva, Fábio Barros, Manuel Frutuosa, Manuel Lopes, Manuel Ribeiro, Manuel Ribeiro da Silva, Ricardo Almeida, Salviano Branco e Tiago Lopes.

Ver todos os vídeos.

Vídeo

 

Lida 500 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social periódico, distribuído electronicamente, que visa através da inserção de notícias, promover a identidade regional, o turismo, e a divulgação/defesa do património natural, arquitectónico, pessoas, animais e tradições, dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, nomeadamente: Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra e Arouca e do forma mais geral dos restantes municípios do distrito.

Itens relacionados

Os Amigos da Tasca Centenária e da música popular Portuguesa

Em Cabomonte – São Miguel de Souto, na Tasca Centenária da Marçalina, um grupo de amigos reuniam-se em convívio à volta das cartas, dos petiscos e das brincadeiras. Com o tempo trouxeram instrumentos, os cantares ao desafio e a vontade de formarem um grupo musical. Desta forma simples nasceu o conjunto “Os Amigos da Tasca Centenária”, composto por seis músicos e uma cantadeira que perpetuam a nossa memoria coletiva com as suas vozes e melodias tradicionais.

Paraduça e suas gentes

O Ondas viajou até Paraduça – Vale de Cambra, onde conhecemos alguma das suas gentes e moinhos de rodízio. Nesta aventura tivemos como guia o PR6 – Rota dos Moinhos, que está muito bem assinalado e aconselhamos vivamente. O tempo não esteve famoso, a chuva miudinha não parou de cair, o ambiente estava enevoado e esperamos em vão que o céu mostrasse o seu sorriso.

Bruno Monteiro: “O violino é a minha paixão”

O equilíbrio entre a emoção e o intelectual define Bruno Monteiro enquanto um dos melhores violinistas portugueses da atualidade. Nasceu no Porto, vive em Santa Maria de Lamas, e falou com o Ondas da Serra sobre as experiências emocionais que cria sempre que toca violino. “Tocar para as pessoas é comunicar emoções e raciocínio. É tudo.” A trabalhar no 12.º álbum, o artista promete mais um trabalho fora do comum, “apaixonado e obscuro”.

Faça Login para postar comentários