Pág. 1 de 10

Conhecer (57)

Conhecer

Ovar pertence ao distrito de Aveiro, sendo uma localidade banhada pelo Oceano Atlântico e Ria de Aveiro que ali termina. Os vareiros são gente muito animada que vibram com o Carnaval que dizem ser o melhor de Portugal. Possuem o famoso pão-de-ló, tendo a APPO - Associação de Produtos Pão-de-Ló de Ovar conseguido que a denominação de produto fosse aprovada pela União Europeia.

Apesar da sua alegria respeitam a religião e as suas procissões da Quaresma são local de culto para milhares de católicos. Ovar possui excelentes condições para a prática de desportos náuticos, ciclismo e caminhadas, com percursos devidamente construídos para esse efeito. Os forasteiros podem visitar alguns museus se quiserem conhecer a casa onde viveu o escritor Júlio Diniz, como se trajava antigamente ou conhecer um pouco da arte sacra.

Ovar é já uma referencia cultural neste distrito tendo ganhado nova vida com o seu novo Centro Artes. Possui duas bandas filarmónicas centenárias, Banda Filarmónica Ovarense e Banda Nova União. O grupo de teatro Contacto efetua espetáculos regularmente, sendo o Festovar uma das suas imagens de marca. Ovar possui muitos grupos que se unem ora para brincar ao Carnaval ou as conhecidas trupes para cantar as Janeiras.

"Ovar
não és vila nem aldeia,
és jardim paradisíaco
onde o meu amor passeia.

Ovar, minha eterna amada,
és cidade à beira-mar plantada!"

Poema "Ovar", de Fernado Pinto, poeta vareiro em "Mar e outros poemas" 2016

Solange Duarte nasceu a 16 de janeiro de 1990, na cidade de Ovar, e ama “toda a história e magia que a cidade tem”. Falamos com D. Sol, a Irradiante, rainha do Carnaval de Ovar de 2019 e vareira de gema, sobre uma das maiores festas do concelho e os projetos para o futuro.

O Ondas da Serra visitou o Cais do Puxadouro, na Ria de Aveiro, em Válega. Durante séculos, este foi o local de onde partiram produtos agrícolas, de pecuária, telha e caulino. O porto, com as embarcações de madeira que os transportavam, foi perdendo as suas funções originais e o local transformou-se em CENÁRIO. O Centro Náutico da Ria de Ovar surge com a missão de preservar a memória do Cais e de recuperar histórias que, de outra forma se perderiam.

2017 registou um aumento de 22% no número de animais abandonados face a 2016. Em 2018 já foram recolhidos no nosso país mais de 14 mil animais, alguns dos quais pela APADO. A Associação Protetora de Animais Domésticos de Ovar enfrenta inúmeras dificuldades e o Ondas da Serra foi perceber quais são os principais desafios.

Sara tem 25 anos e todos a conhecem em Esmoriz, concelho de Ovar. É responsável pelo Gabinete Psicossocial da Junta de Freguesia de Esmoriz desde 2016. As pessoas são a sua maior causa e, enquanto psicóloga, trabalha todos os dias para melhorar a vida dos que procuram o seu apoio.

Localizado no meio do coração da cidade vareira, perto da Câmara Municipal, o Museu de Ovar, com meio século de existência, apesar da sua enorme riqueza, vai passando despercebido, assim como a estreita rua onde nasceu. O seu rico espólio é constituído por azulejos, pinturas, esculturas, trajes tradicionais, bonecas e apicultura. O Ondas da Serra esteve à conversa com o seu diretor e duas funcionárias. Falaram-nos de um espaço que merece ser redescoberto pelos vareiros e explorado por forasteiros.

Por esta vez o ‘Ondas’ deixou a serra e foi ao Litoral. Estivemos em Ovar para conhecermos um local muito particular.

No centro da cidade de Ovar, na praça Largo Família Soares Pinto onde também 'mora' o icónico chafariz Neptuno datado de 1877 é onde se encontra a Casa Alentejana, um estabelecimento onde podemos comprovar a cultura gastronómica da região Alentejana em plena terra de 'Vareiros'!

Pág. 1 de 10
Pub