Imprimir esta página
Campanha do Banco Alimentar entre 26 e 28 de maio

Campanha do Banco Alimentar entre 26 e 28 de maio

Classifique este item
(0 votos)

A Campanha do Banco Alimentar Contra a Fome no Concelho de Albergaria-a-Velha decorre entre os dias 26 e 28 de maio. Envolve 19 estabelecimentos comerciais e centenas de voluntários, que se desdobram entre a recolha e a triagem de alimentos. A recolha é assegurada por voluntários de 21 entidades parceiras.

Na Freguesia de Albergaria-a-Velha e Valmaior, a campanha de recolha de bens alimentares decorre no Continente, Minipreço, Intermarché, Pingo Doce, Albamercado, Minimercado Tianica, Minimercado O Brasileiro e Minimercado Santo António.

Na Freguesia de Alquerubim, pode contribuir fazendo compras na Loja Ideal. Na Freguesia de Angeja, a recolha decorre no Minimercado Nogueira & Soares e no Mercadinho da Fonte. Na Freguesia da Branca, a campanha decorre no Minimercado Norte, no Supermercado Descontão, no Mercado Poço e na Mercearia O Pomar. Na Freguesia de S. João de Loure e Frossos, no Minimercado Joaninha, no Supermercado Azenhas e na Casa Dulce. Na Freguesia da Ribeira de Fráguas, a recolha é na Lojinha Benchik. A recolha de alimentos é organizada pela Câmara Municipal, que disponibiliza toda a logística necessária e coordena a operação nas seis freguesias. Diversas instituições fazem a recolha e a entrega autonomamente.

Os voluntários envolvidos pertencem ao Agrupamento de Escolas de Albergaria-a-Velha, aos agrupamentos de Escuteiros de Albergaria-a-Velha, Branca e Angeja; ao Banco Local de Voluntariado do Município de Albergaria; ao CLDS Albergaria Integra’T, aos grupos de Jovens de Valmaior e de Ribeira de Fráguas; aos grupos Cáritas de Albergaria-a-Velha, Branca, Angeja e às instituições Particulares de Solidariedade Social, AHMA – Associação Humanitária Mão Amiga, APPACDM – Associação Portuguesa Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental de Albergaria-a-Velha, Probranca – Associação para o Desenvolvimento Sócio-cultural da Branca, ASSA – Associação de Solidariedade Social de Alquerubim, Centro Social e Paroquial de Angeja, Creche Fundação Helena Albuquerque de Quadros, Cediara – Centro para Idosos de Ribeira de Fráguas, Centro Social e Paroquial de Santa Eulália, Associação de Solidariedade Social Sanjoanense e ASIV – Associação de Solidariedade para Idosos com Vida. O Rotary Club de Albergaria-a-Velha também participa na campanha, tal como as juntas de Freguesia do Concelho.

Sob o lema “Partilhar sabe bem”, a Campanha do Banco Alimentar Contra a Fome decorre em todo o País, nos dias 27 e 28, envolvendo mais de 40 mil voluntários e mais de 2 mil estabelecimentos comerciais. O objetivo é recolher alimentos não perecíveis, de forma a serem distribuídos por famílias carenciadas. Os resultados da recolha é anunciado posteriormente.

Lida 67 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social com distribuição da informação pela Internet, que visa promover a identidade regional e o turismo através da promoção da cultura, património, monumentos, museus, desporto, economia, gastronomia, ecologia e coletividades dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra, Arouca e dos restantes municípios desta região.

Últimas de Ondas da Serra

Itens relacionados

Relvado Sintético do campo de Vila Nova de Monsarros vai ser inaugurado

A Câmara Municipal de Anadia, a Junta de Freguesia de Vila Nova de Monsarros, e a Associação Desportiva e Cultural de Vila Nova de Monsarros (ADCVNM), inauguram, no próximo domingo, dia 25 de fevereiro, pelas 10h00, o relvado sintético do Campo Val das Cavadas, sito no Complexo Desportivo de Vila Nova de Monsarros, numa cerimónia que contará com a presença de representantes de várias entidades oficiais.

Teresa Andrade de Rio de Frades

Um destes dias passeávamos nós em Rio de Frades - Arouca, depois de mais uma caminhada quando um cão nosso conhecido (Ler: Fuste – História de um cão), surgiu com cara de poucos amigos e deu-nos uns latidos intimidatorios. No entanto desta vez a história foi diferente, porque descobrimos a sua dona ali próximo apascentar umas cabras, numa ribeira confluente ao rio com o mesmo nome da terra.

Fotografar São João da Madeira

Passear sem mapa ou destino é um dos melhores tratamentos para o aborrecimento. Esqueça a típica conversa de Domingo sobre onde ir ou o que fazer. Saia de casa, sem roteiro, e vá descobrindo o que São João da Madeira tem para oferecer. As surpresas estão onde menos se espera.

Faça Login para postar comentários