Pág. 3 de 4

Luzes, relva, ação. A inauguração do novo court de Padel nas instalações da Safina, a única empresa produtora de relva artificial em Portugal, juntou centenas de pessoas e atletas da modalidade, no passado dia 20 de janeiro. Aqueles que não faltaram à chamada tiveram a oportunidade de pisar o campo e testar as suas qualidades, comprovando os quarenta e sete anos de know-how do seu produto naturalmente melhor.

S. João da Madeira ocupa um lugar de destaque no mapa empresarial português. Conhecida em particular pela sua forte indústria do calçado – sendo detentora da marca “Capital do Calçado” – , a cidade caracteriza-se por uma grande diversidade empresarial, exportando produtos de qualidade para os quatro cantos do mundo, fruto do dinamismo e capacidade inovadora de todos quantos vivem e trabalham na única freguesia do concelho.

Apesar de a Morte ser a porta da Vida – como está escrito num dos belíssimos painéis azulejares do Cemitério de Ovar –, a perda de um ente querido é sempre um acontecimento difícil de superar. É nestes momentos dolorosos que entram em cena profissionais dedicados que prestam uma série de serviços fúnebres à família enlutada, a qualquer hora do dia, de forma a atenuar a sua dor, como é o caso das simpáticas senhoras da Agência Funerária Celina Soares & Emília Fernandes Lda. O ONDAS DA SERRA foi até ao n.º 49 da Rua Visconde de Ovar, num fim de tarde, e esteve à conversa com estas mulheres de coragem.

O Clube Desportivo do Furadouro fez a sua apresentação formal aos sócios (época 2017/2018), na tarde de 10 de setembro de 2017, dia das Festas do Mar. Nessa partida de futebol, o CD Furadouro defrontou a Associação Desportiva Ovarense Futebol, sua rival. A equipa do ONDAS DA SERRA assistiu ao encontro e aproveitou para ouvir algumas opiniões acerca da recente introdução de relva artificial no campo, obra da responsabilidade da SAFINA, empresa de Cortegaça fundada em 1971.

Oliveira de Azeméis possui uma rica e diversificada indústria na área da transformação de matérias-primas como o barro, cobre, vidro, na produção de moldes, sapataria e uma rica gastronomia.

A atividade artesanal é merecedora de destaque e deseja-se que o público reveja nela o seu passado, o seu presente e, preferencialmente, o seu futuro, uma vez que há a necessidade de perpetuar certas artes que se vêem cada vez mais esquecidas e que poderão estar condenadas.

Pág. 3 de 4