A Quinta do Pinho A Quinta do Pinho
quarta, 29 maio 2019 01:27

A Quinta do Pinho

Classifique este item
(2 votos)

‘E onde estamos nós?’

Pois bem, voltamos ao Vale Mágico (Paraduça e suas gentes) e… saindo do vale rumamos à montanha. Sempre rodeados de um verde arrebatador fomos até à fronteira com Arouca e encontramos o que a vista não alcança para entrar pela Quinta do Pinho adentro.

Quinta do PinhoÀ distância, a quinta não é visível devido à geografia do local e também pela natureza que toma o seu lugar e reclama para si o espaço que os incêndios lhe haviam ‘tirado’.  

A entrada é feita por uma estrada de terra batida e por um só sentido o que por si só é uma deliciosa aventura! Lá chegados ficamos deslumbrados pela paisagem, com visibilidade de perder de vista.

A quinta está situada em Arouca na fronteira com Vale de Cambra e deixamos aqui a sua localização GPS e mapa para melhor e devida orientação. Quem se quiser dirigir à Quinta do Pinho poderá contactar os proprietários através da página do facebook Quinta do Pinho que estes terão todo o gosto em os receber.

Atualmente na quinta proliferam a plantação de diversas espécies de mirtilos e também de groselhas. Na próxima plantação haverá também Kiwis. Existem os animais que numa tradicional quinta não podem faltar e neste caso encontramos a criação de gado de raça Arouquesa.

Num outro local observamos uma colmeia e como refere Pedro Pinho esta é de capital importância para a polinização das plantas – “… a ideia é ter ainda mais colmeias.” Ndr - já aqui no Ondas da Serra havíamos alertado para a importância de insectos e animais polinizadores pelo que nos congratula existir esta sensibilidade para tal e ainda mais perceber in loco que existem pessoas bem atentas a esta realidade da biodiversidade e a sua mais que valia para a Natureza e subsequentemente para a humanidade, bem ‘dentro’ dos pilares do Ondas da Serra.

O que o visitante poderá vivenciar, além do já mencionado, é a experiência na ‘primeira pessoa’ com a colheita do Mirtilo, e aliás, todos os anos a quinta recebe mão-de-obra sazonal para laborar nesta apanha. Aos interessados é só efetuarem o contato com a Quinta do Pinho.

Este ano o início é já agora!, no final de Maio, pois “temos de andar atrás da fruta!!” – refere Nuno Queirós.

Pedro Pinho e Nuno Queirós os mentores e gestores deste projeto, embarcaram nesta aventura à mais de uma década. Sendo professores de formação, optaram pelo mundo rural e pela ‘vida’ do campo em plena sintonia com a natureza. O negócio far-se-á com novas apostas já pensadas e delineadas para conseguirem ter um espaço que privilegie o turismo rural de experimentação, o que por conseguinte permitirá ao visitante aí ficar alojado e ‘viver’ e conviver com o dia-a-dia da quinta.

Fica um muito obrigado por receberem o Ondas da Serra e a promessa de uma visita para muito em breve…

Fiquem bem!

 

Lida 160 vezes

Autor

Rui Sousa

A Natureza inspira-o. Som, imagem, aroma e sensações ‘... aquela parte do mundo onde naturalmente podemos simplesmente ser.’ Quer estar onde a vida e cultura de um povo faz parte do que a rodeia, onde vivenciar essa realidade faz sentir a saudade dessas memórias onde vive a história... onde podemos estar.

Últimas de Rui Sousa

Itens relacionados

Intermarché de Ovar conta a história da cidade em azulejo português

Um supermercado já não é apenas um espaço comercial que vende produtos de consumo corrente. Oferecer cultura local em azulejaria portuguesa enquanto vai às compras é reconhecer que a experiência de cliente do século XXI não termina nas caixas registadoras. Por isso é que o Intermarché de Ovar lhe conta a história da cidade num projeto assinado por Marcos Muge.

Casa Alentejana | Aroma e Sabor a Tradição

Por esta vez o ‘Ondas’ deixou a serra e foi ao Litoral. Estivemos em Ovar para conhecermos um local muito particular.

No centro da cidade de Ovar, na praça Largo Família Soares Pinto onde também 'mora' o icónico chafariz Neptuno datado de 1877 é onde se encontra a Casa Alentejana, um estabelecimento onde podemos comprovar a cultura gastronómica da região Alentejana em plena terra de 'Vareiros'!

Pessoas empreendedoras

Há pessoas que nasceram com uma ambição, força e coragem que lhes permitem criar e desenvolver ideias que se traduzem muitas vezes em negócios de sucesso. Esta caraterística de empreendedorismo não é exclusiva de nenhum género, raça ou instrução, é uma maneira de ser. Ondas da Serra selecionou alguns exemplos de negócios que podem ser apontados como exemplo e dar força a quem pensa criar um negócio, ou já começou e enfrenta problemas e desafios que só podem ser vencidos com perseverança e resiliência. “O sucesso não é definitivo, a falha não é fatal. O que importa é a coragem de continuar.” Winston Churchill

Faça Login para postar comentários