Pág. 1 de 14

Comemorou-se no passado domingo, dia 07 de abril, o Dia Nacional dos Moinhos, por todo o país as portas destes monumentos estiveram abertas para mostrarem como era a vida antigamente, mais dura, menos farta, mas porventura mais autêntica e próxima da natureza e dos seus elementos.

O bispo de Coimbra, D. Virgílio Antunes, deixou, no passado dia 13, na receção nos Paços do Concelho realizada no âmbito da visita pastoral às paróquias de Mealhada, Casal Comba e Vacariça, o seu aval e a sua crença no sucesso da candidatura a património da UNESCO da Mata Nacional do Bussaco e no desenvolvimento da vertente de turismo religioso.

O Dia dos Moinhos comemorou-se no dia 07 de abril, tendo a autarquia da Mealhada como é habitual feito um programa muito rico e variado para o último fim-de-semana. No domingo dia 8, fomos acompanhar a caminhada que organizaram pela Rota dos Moinhos (PR1).

Voltar a ver a mó a girar, ouvir as explicações do moleiro Armindo Lopes, ver e provar o pão acabado de sair do forno. Estas são algumas das propostas para as comemorações do Dia Nacional dos Moinhos, de 6 a 8 de abril, no Lograssol, em Santa Cristina e na Lameira de S. Geraldo.

O Município da Mealhada deu, hoje, início à Rota Pela Floresta, uma iniciativa proposta aos municípios ECOXXI que visa sensibilizar as crianças para a importância das florestas. Até dia 23, o testemunho da iniciativa vai percorrer todas as Eco-Escolas do concelho.

Os proprietários, arrendatários, usufrutuários ou entidades que, a qualquer título, detenham terrenos confinantes a edifícios inseridos em espaços rurais, são obrigados a proceder à gestão de combustível. Esta é uma das imposições da nova lei relativa ao Sistema Nacional de Defesa da Floresta Contra Incêndios.

Pág. 1 de 14
Pub