domingo, 15 janeiro 2017 15:19

Praia fluvial da Mamoa: mergulhe na natureza Destaque

Classifique este item
(2 votos)

Em Portugal, as praias fluviais são formas refrescantes de mergulhar em ambientes de beleza ímpar, esculpidos no seio da natureza. A praia fluvial da Mamoa, na freguesia de Milheirós de Poiares, é ideal para os apaixonados por desportos ao ar livre e momento de profundo relaxamento.

Praia fluvial da Mamoa: mergulhe na natureza

É fácil apaixonar-se por esta infraestrutura do concelho de Santa Maria da Feira ao primeiro vislumbre. Inserida no âmbito da reabilitação das zonas ribeirinhas e criação de espaços públicos de lazer em estreita ligação com a natureza, este espaço tem ao dispor dos banhistas duas praias, uma em cada margem, áreas ajardinadas e de lazer, e estacionamento.

Dotada de equipamentos desportivos, infraestruturas de apoio às atividades lúdicas, bar e restaurante, a praia fluvial da Mamoa tem uma área de cerca de dois hectares, contígua a uma ponte rodoviária sobre o rio Antuã, junto à qual se encontra um pequeno moinho, totalmente remodelado.

Em 2011, começa o processo de revitalização de uma paisagem esquecida durante vários anos. Seis anos depois, a Praia fluvial da Mamoa, com vigilância entre os meses de Julho e Agosto, é um ponto turístico de enorme interesse em Santa Maria da Feira. As sombras gratuitas, a água limpa, os desportos ao ar livre e o espaços de convívio atraem todos os Verões dezenas de pessoas à freguesia de Milheirós de Poiares. 

 

Coordenadas GPS
N 40º55’41,52” W 8º28’02,56”

Fonte: Câmara Municipal de Santa Maria da Feira

 

Lida 897 vezes Modificado em sexta, 09 abril 2021 15:30

Autor

Ricardo Grilo

Histórias capazes de entrar em contacto com as emoções de quem as lê justificam a minha paixão pelo jornalismo. Natural de Santa Maria da Feira, acredito no potencial de um concelho em ensaios para escrever a sua autobiografia. Aos 24 anos, e enquanto colaborar do ‘Ondas da Serra’, procuro a beleza em escrever sobre uma terra tão especial.

Itens relacionados

Aprenda como era o ensino no Museu Escolar Oliveira Lopes

A história dos irmãos Oliveira Lopes de Válega que construíram uma escola

Esta é a história de dois irmãos do Cadaval – Válega que no começo do século XX, resolveram combater a expensas próprias o analfabetismo e mandaram erigir uma escola na sua terra que marcou tantos homens e mulheres e que comprova a importância do saber para elevar o ser humano. Naquele tempo não havia ensino obrigatório e universal, existiam poucas escolas, mestres e os alunos andavam desnutridos, mal vestidos e calçados.

Na sessão camarária de 29 de Janeiro de 1908 foi presente um ofício do subinspector escolar José de Castro Sequeira Vidal comunicando que José de Oliveira Lopes e seu irmão Manuel José de Oliveira Lopes, do lugar do Cadaval, da freguesia de Válega, ofereciam-se para custear todas as despesas com a construção dum edifício para as escolas oficiais e habitação dos respetivos professores dessa freguesia, pelo que pedia a cedência gratuita do terreno necessário para aquele construção que, concluída, seria oferecida ao Estado pelos citados beneméritos.” Lamy, A. (1977). Monografia de Ovar - volume 2 (1st ed., p. 376). Ovar [Portugal].

Conheça a bonita e maior praia fluvial do Areinho em Arouca

A bonita e aprazível praia fluvial do Areinho é banhada pelo Rio Paiva, ficando localizada na União de Freguesias de Canelas e Espiunca – Arouca, sendo a maior deste concelho que pertence ao distrito de Aveiro. Não se vai arrepender de se banhar nas suas temperadas águas e confie em nós que irá passar um dia magnifico neste aprazível local, que ficou um pouco movimentado por causa dos passadiços do Paiva, mas que não lhe retiraram o encanto.

As mais bonitas praias fluviais de Portugal

O Ondas da Serra tem feito um trabalho para dar a conhecer aos nossos leitores as mais bonitas praias fluviais de Portugal. A maioria das que visitamos são no nosso distrito de Aveiro, mas fomos conhecer outras espalhadas pelo país que nos oferecem momentos inesquecíveis de paz, beleza e tranquilidade. Neste artigo fizemos uma seleção destas locais que fazem parte da nossa história e onde nos divertimos e agradecemos à mãe natureza pela sua criação e aos homens por as estimar.