segunda, 12 dezembro 2016 14:52

Mercado semanal

Classifique este item
(0 votos)

Desde 1894, que, nos dias 1 e 16 de cada mês realizava-se um mercado quinzenal em Espinho. Devido ao crescimento da população passou a ser semanal e é hoje uma das maiores feiras semanais do país.

Para além do aspeto comercial, representa um grande cartaz turístico, pela variedade de produtos à venda e transação direta entre o produtor e o consumidor. Assim, a afluência de turistas nacionais e estrangeiros é significativa às segundas-feiras, o que dinamiza o comércio tradicional da cidade e o turismo.

Fonte: Câmara Municipal de Espinho

Lida 554 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social periódico, distribuído electronicamente, que visa através da inserção de notícias, promover a identidade regional, o turismo, e a divulgação/defesa do património natural, arquitectónico, pessoas, animais e tradições, dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, nomeadamente: Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra e Arouca e do forma mais geral dos restantes municípios do distrito.

Itens relacionados

São João de Fontoura na Rota dos Cerejais

Os vastos horizontes que se têm aberto ao Ondas da Serra levaram-nos para fora de Aveiro para ver outras maravilhas do nosso país, desta vez fomos até São João da Fontoura em Resende, para degustarmos a sua Rota dos Cerejais.

Caldas de São Jorge | Terra de mártir, poesia, rio e águas termais

Caldas de São Jorge é uma freguesia de Santa Maria da Feira, bastante conhecida pelas suas águas termais, mas que tem outras riquezas à espera de serem descobertas.

Pateira de Fermentelos | Uma idílica viagem à tranquilidade

Um destes domingos com sol radioso fomos explorar a Pateira de Fermentelos ou de Espinhel como é também conhecida, localizadas em Águeda. Partimos à aventura em Oís da Ribeira, tendo começado o percurso junto ao seu parque de lazer. Como guia para a nossa caminhada seguimos o PR1, que passa também junto aos rios Cértima e Águeda.