Ondas da Serra foi resgatar um pouco das nossas raízes ao lugar do Monte – Paramos – Espinho. Perdido no meio das encostas de um vale, encontram-se as ruínas da Estação Arqueológica – Castro de Ovil.

A Ecovia do litoral fica situada em Espinho e tem cerca de 12 Km. É possível fazer o seu percurso a caminhar ou de bicicleta e contemplar as várias praias no seu trajeto, ambientes urbanos e populares, como os bairros e cenas da vida dos pescadores. Se tiver sorte poderá ver estes homens na sua faina ou as artes de pesca a descansar ao sol à espera do próximo regresso ao mar.

A proliferação das grandes superfícies comerciais é uma das causas do desaparecimento das chamadas feiras tradicionais. A Feira de Espinho, que se realiza à 2.ª feira na Avenida 24, "já teve dias melhores", como alguns feirantes afirmaram ao "ONDAS DA SERRA".

No passado dia 08 de maio, mal o sol nasceu a equipa do “Ondas da Serra” meteu-se no comboio a caminho de Espinho e ao encontro da sua feira semanal. Nesta viagem por entre frutas, peixes e pregões fomos falando com os vendedores que continuam a fazer desta feira uma das maiores de Portugal e da Península Ibérica. Neste trabalho podem ficar a conhecer dois dos acessos à feira mais característicos e movimentados, embora um deles tenha pouca segurança.

O troço que liga Espinho a Oliveira de Azeméis, da Linha do Vale do Vouga, está a celebrar 108 anos em funcionamento. Viagens ao passado que o comummente conhecido por ‘Vouguinha’ continua a proporcionais aos seus passageiros, apesar da necessidade gritante de modernização. A obra de engenharia revolucionou a mobilidade e permitiu a Santa Maria da Feira seguir viagem em direção do futuro.