terça, 27 dezembro 2016 12:03

Sociedade Filarmónica Santa Cruz de Alvarenga

Classifique este item
(0 votos)

A Sociedade Filarmónica Santa Cruz de Alvarenga foi fundada em 1902, com o nome de “Philarmonica Alvarenguense” com cerca de 20 elementos, pelo Sr. Adriano Telles, natural de Alvarenga. A freguesia de Alvarenga teve sempre amor à música, e por isso não é de admirar que tenha sido a primeira banda a incluir elementos femininos, na década de 60.

Atualmente esta filarmónica conta com cerca de 50 elementos, dos quais 12 são do sexo feminino. Estes músicos além dos seus empregos e/ou vida académica, dedicam-se à música com empenho e carinho, procurando elevar o nome da sua freguesia e banda ao mais alto nível.

A banda é regida desde 1996 pelo 1º Sargento António Manuel Barbosa da Silva, que desde então tem vindo a dirigir esforços para incutir nos jovens a vontade de ingressar nesta bela vida que é a música. O maestro dirige também a Escola de música, que conta com auxílio de alguns jovens elementos "veteranos" (jovens que têm mais anos de formação musical), que a par da sua vida académica, apoiam no ensino da música aos cerca de 35 aprendizes.

Atualmente existem duas gravações feitas desta banda, uma de 1997 e outra de 2003.

Dados da banda

  • Morada: Lugar da Picota
  • Código Postal: 4540 ALVARENGA ARC
  • Distrito: Aveiro
  • Telefone: 91 3204776 / 96 2736154
  • Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Fonte: Sociedade Filarmónica Santa Cruz de Alvarenga 

Lida 498 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social periódico, distribuído electronicamente, que visa através da inserção de notícias, promover a identidade regional, o turismo, e a divulgação/defesa do património natural, arquitectónico, pessoas, animais e tradições, dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, nomeadamente: Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra e Arouca e do forma mais geral dos restantes municípios do distrito.

Itens relacionados

Os Amigos da Tasca Centenária e da música popular Portuguesa

Em Cabomonte – São Miguel de Souto, na Tasca Centenária da Marçalina, um grupo de amigos reuniam-se em convívio à volta das cartas, dos petiscos e das brincadeiras. Com o tempo trouxeram instrumentos, os cantares ao desafio e a vontade de formarem um grupo musical. Desta forma simples nasceu o conjunto “Os Amigos da Tasca Centenária”, composto por seis músicos e uma cantadeira que perpetuam a nossa memoria coletiva com as suas vozes e melodias tradicionais.

Bruno Monteiro: “O violino é a minha paixão”

O equilíbrio entre a emoção e o intelectual define Bruno Monteiro enquanto um dos melhores violinistas portugueses da atualidade. Nasceu no Porto, vive em Santa Maria de Lamas, e falou com o Ondas da Serra sobre as experiências emocionais que cria sempre que toca violino. “Tocar para as pessoas é comunicar emoções e raciocínio. É tudo.” A trabalhar no 12.º álbum, o artista promete mais um trabalho fora do comum, “apaixonado e obscuro”.

39 Aniversário do Rancho "Os Camponeses da Beira-Ria" - Bunheiro

O rancho folclórico “Os Camponeses da Beira-Ria”, do Bunheiro Murtosa, comemorou no passado domingo o seu trigésimo nono aniversário. A festa era para ser realizada na Casa-Museu Custódio Prato, mas a chuva levou os responsáveis a mudar o local para a sede da Junta de Freguesia.