terça, 27 dezembro 2016 15:29

Escola de Escalada

Classifique este item
(1 Vote)

O granito onde se insere a escola de escalada aqui apresentada enquadra-se geologicamente no denominado Plutão Granítico da Serra da Freita. Este corresponde a um corpo granítico, com uma orientação NW-SE, que intersecta, de forma mais ou menos descontínua, as rochas metamórficas do Super-Grupo Dúrico-Beirão (> 520 milhões de anos), correspondendo estas últimas a uma sequência alternante de xistos e grauvaques.

O plutão granítico da Serra da Freita formou-se em profundidade (> 5 km), há cerca de 308 milhões de anos, por arrefecimento lento de um magma. Hoje encontramo-lo à superfície graças à erosão das rochas que lhe estavam suprajacentes.

Uma observação mais atenta deste maciço rochoso revela de imediato a existência de uma textura granular de grão médio. Por outro lado, no que respeita à sua composição mineralógica, podemos encontrar como minerais essenciais o quartzo, a plagioclase, o felsdpato potássico, a biotite e a moscovite, e como minerais acessórios destacam-se a silimanite, a apatite, o zircão, a monazite e a ilmenite (Valle Aguado, 2004).

Exceptuando a zona da Sr.ª da Lage cujo granito se apresenta com um grão mais grosseiro e portanto mais frágil, a restante rocha é de grão mais fino e de grande dureza, apresentando-se com regletes, fendas, saliências e cristais propicios para a escalada em aderência.

A zona dos Cabaços, exposta a Sul e sem árvores, permite a prática desportiva da escalada em qualquer altura do ano.

A Escola de Escalada

A Escola de Escalada da serra da Freita é composta pelas seguintes zonas:
• Sr.ª da Lage (Merujal) – 5 vias de iniciação equipadas com tops
• Parque de campismo (Merujal) – 5 vias equipadas com tops e plaquetes
• Cabaços (Albergaria da Serra) – 15 vias equipadas com tops e plaquetes

 

Cuidados especiais e normas de conduta

- Não escales só. Faz cordada com escaladores mais experientes;
- Certifica-te que o material instalado se encontra em boas condições;
- Não escale em zonas interditas. A fauna agradece!
- Não faças fogo;
- Não abandones o lixo. Leva-o até um local onde haja serviço de recolha;
- Se verificares alguma anomalia contacta a Câmara Municipal de Arouca ou NaturVeredas no Parque de Campismo do Merujal.

 

Consulte aqui o folheto da Escola de Escalada

Fonte: Câmara Municipal de Arouca

Lida 473 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social periódico, distribuído electronicamente, que visa através da inserção de notícias, promover a identidade regional, o turismo, e a divulgação/defesa do património natural, arquitectónico, pessoas, animais e tradições, dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, nomeadamente: Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra e Arouca e do forma mais geral dos restantes municípios do distrito.

Itens relacionados

É tão bonito! Onde fica?

O chão de madeira serpenteia entre a maior zona lagunar do Norte de Portugal com o brilho que só a natureza pode proporcionar. Os passadiços da Barrinha de Esmoriz, no concelho de Ovar, são o passeio idílico para amantes de praia, natureza e emoções. É bonito por tudo o que oferece a quem o visita. Simples e poderoso.

Clubes Desportivos de Aveiro

Recentemente Portugal comemorou mais uma revolução dos cravos. Cada vez nos afastamos mais desse marco histórico e desde então o pais tem vindo a desenvolver o seu nível de vida em vários aspetos. Melhoramos muito na economia, saúde, educação e também no desporto. Nas últimas décadas obtivemos muitas conquistas coletivas e individuais que nos enchem de orgulho. Agora competimos para ganhar e abandonamos a nossa descrença e o fado dos velhos do Restelo. Mas nada surge do nada e sem trabalho, no futebol aumentamos o número de praticantes, a qualidade dos formadores e das infraestruturas.  Aqui fica uma seleção de algumas equipas do nosso distrito em diferentes escalões que são um exemplo de resiliência e a força dos seus dirigentes e associados.

Mosteirô Futebol Clube: unidos no rumo certo

O Mosteirô Futebol Clube completou no dia 16 de abril, 36 anos de trabalho e resiliência. ‘Unidos no rumo certo’ é o lema de guerra do clube de Santa Maria da Feira. Assistimos no dia 5 de maio, no Campo de Jogos de Santo André em Mosteirô, ao jogo da 12.ª jornada do Campeonato Distrital Traquinas que colocou o Mosteirô a jogar contra o Clube Desportivo de Tarei.