domingo, 15 janeiro 2017 14:58

A escola que mudou o ensino da música em Portugal

Classifique este item
(0 votos)

Prestes a celebrar 62 anos desde a sua fundação, a Academia de Música Santa Maria da Feira surgiu como um estabelecimento de ensino único em Portugal, o primeiro do atualmente considerado ensino integrado. Pelas mãos de Gilberta Xavier de Paiva, a instituição dedicada à arte marcou a descentralização do ensino de música no país.

Gilberta Custódia da Costa Gouveia Xavier de Paiva foi fundadora e a primeira diretora da Academia de Música Santa Maria da Feira. Enquanto personalidade incontornável no panorama musical português da segunda metade do século XX, conseguiu a descentralização do ensino de música em Portugal. O polo fundado no concelho do Norte do país introduziu em território nacional um modelo de ensino então único em Portugal, assumindo-se como a primeira escola de ensino integrado.

Se a 21 de Dezembro de 1955 a Academia se afirmou por estar à frente do seu tempo, mais de seis décadas depois, continua a mudar o ensino da música em Portugal. No que ao ensino artístico especializado diz respeito, a instituição oferece diferentes possibilidades, em instrumentos tão diversos como o trombone, o clarinete, o oboé, o piano, o violoncelo e o saxofone, num total de 17 instrumentos, e aos quais acresce a técnica vocal.

Todavia, nas instalações sediadas na Rua António Castro Corte Real, em Santa Maria da Feira, é, ainda lecionado ballet clássico, em parceria com a Royal Academy of Dance. As valências do Jardim de Infância e atividades de tempo livres consolidam a missão de uma escola comprometida com o fomento do apreço pela música desde os primeiros anos de vida.

A Academia de Música de Santa Maria da Feira, enquanto pioneira na oferta de uma formação musical descentralizada, num gesto visionário e altruísta de facultar a todos esta formação, continua empenhada na sua missão ao fim de 62 anos em atividade.

 

Fonte: Academia de Música Santa Maria da Feira

Lida 663 vezes

Autor

Ricardo Grilo

Histórias capazes de entrar em contacto com as emoções de quem as lê justificam a minha paixão pelo jornalismo. Natural de Santa Maria da Feira, acredito no potencial de um concelho em ensaios para escrever a sua autobiografia. Aos 24 anos, e enquanto colaborar do ‘Ondas da Serra’, procuro a beleza em escrever sobre uma terra tão especial.

Itens relacionados

Os Amigos da Tasca Centenária e da música popular Portuguesa

Em Cabomonte – São Miguel de Souto, na Tasca Centenária da Marçalina, um grupo de amigos reuniam-se em convívio à volta das cartas, dos petiscos e das brincadeiras. Com o tempo trouxeram instrumentos, os cantares ao desafio e a vontade de formarem um grupo musical. Desta forma simples nasceu o conjunto “Os Amigos da Tasca Centenária”, composto por seis músicos e uma cantadeira que perpetuam a nossa memoria coletiva com as suas vozes e melodias tradicionais.

Sara, a apaixonada por pessoas que também é psicóloga da J. F. de Esmoriz

Sara tem 25 anos e todos a conhecem em Esmoriz, concelho de Ovar. É responsável pelo Gabinete Psicossocial da Junta de Freguesia de Esmoriz desde 2016. As pessoas são a sua maior causa e, enquanto psicóloga, trabalha todos os dias para melhorar a vida dos que procuram o seu apoio.

Museus na região Aveiro

Ondas da Serra apresenta neste artigo uma seleção de museus que pode visitar, onde poderá apreender sobre história, património, história da cortiça, chapelaria, música, rádio, espécies de peixes, azulejos, casas antigas, ferramentas agrícolas ou como se fabricava o papel.