Em busca do Amor Rio Douro, Ilha dos Amores, Foz do rio Paiva e Praia fluvial

Em busca do Amor Destaque

Classifique este item
(1 Vote)

O Ondas da Serra vai realizar um novo evento, vamos tentar procurar, falar e meditar sobre o “Amor” e nada melhor que procurarmos todos a nossa “Ilha dos Amores”. Com esta demanda em mente vamos caminhar para Castelo de Paiva no dia 22 julho.

Este percurso tem um baixo grau de dificuldade, é muito diversificado e tem muitos pontos de interesse. O mesmo terá de ser feito de forma linear, no total vamos percorrer cerca de oito quilómetros.

Vamos orientar o percurso para a introspeção sobre o Amor e no final, embarcar numa viagem de barco para a Ilha dos Amores. Em terra vamos explorar e tentar descobrir as nossas ninfas escondidas, levantar pedras e tentar compreender onde se esconde o Amor e porque por vezes nos foge. Nesta ilha vamos praticar um pouco de meditação com algumas técnicas para se acalmar, combater o stress e escutar a sua voz interior. No final vamos convidar os participantes a partilharem as sua conclusões ou desilusões. 

Vamos acabar o evento com um almoço partilhado na Ilha dos Amores com vista para os Rios Douro e Paiva.

Quer saber um pouco mais sobre o percurso que vamos fazer leia o nosso artigoDemanda pela Ilha dos Amores

Programa

07h30 - Concentração em Ovar, parque Júlio Diniz;
08h00 - Partida (Gostamos de tentar cumprir os horários);
09h15 - Hora prevista de chegada ao Cais do Castelo – Castelo de Paiva. Estacionamento junto ao cais;
09h30 - Palestra onde vamos conhecer um pouco da história deste local, da Ilha dos Amores e do trilho;
09h45/10h00 - Inicio da caminhada.
13h00/13h30 - Final da caminhadas
13h30/14h00 - Ilha dos Amores
14h30/15h00 - Almoço partilhado - Não será necessário levar os produtos nas mochilas, ficam nos carros e no final vamos buscá-los para não pesar na caminhada.

  • Pontos de Interesse
    • Lugar do Castelo
      • Cais do Castelo – Rio Douro
      • Ilha dos Amores
      • Foz do Rio Paiva
      • Praia Fluvial não vigiada
    • Lugar do Castro
      • Alminhas da Nossa Senhora da Boa Fortuna
    • Lugar de Ribeira-de-Fora
      • Capela de Santo António
    • Fornos – Um dos pontos altos da caminhada
      • Velho Cruzeiro de Fornos
      • Igreja de São Pelágio de Fornos
      • Várzea de Fornos
      • Vinhas de vinho verde
    • Eja
      • Caminho que antigamente era muito utilizado, sobretudo como “romaria” à Santa Luzia
      • Ilha dos Amores – Ponto alto
        • Travessia de barco com coletes de seguranças para a Ilha, onde os participantes terão algum tempo para a explorar.
        • Meditação, irão ser ministradas aos interessados algumas técnicas de meditação. As mesmas serão um pouco mais profundas que as do anterior evento, mas não descuraremos quem nunca fez.
      • No regresso e sem grandes aventuras, quem quiser dar um mergulho no rio Douro perto da margem, poderá fazê-lo, na praia fluvial não vigiada. Não permitiremos que nadem para muito longe. Esperem que compreendam esta nossa preocupação.
      • Almoço partilhado na Ilha dos Amores

 

Hora prevista de regresso 16h00;

 

Material: Roupa adequada à época, água, colchão yoga, toalha banho para quem quiser mergulhar no rio no final.

Inscrição: Faça a sua Inscrição para este email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar., enviei o seu nome, zona onde mora, telefone e se vem ter Ovar ou espera por nos no Cais do Castelo. Nós iremos telefonar-lhes para acertar uns pormenores.

Leia também o nosso artigo sobre com os mágicos eventos que fizemos até agora: Eventos Ondas da Serra

 

Lida 607 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social periódico, distribuído electronicamente, que visa através da inserção de notícias, promover a identidade regional, o turismo, e a divulgação/defesa do património natural, arquitectónico, pessoas, animais e tradições, dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, nomeadamente: Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra e Arouca e do forma mais geral dos restantes municípios do distrito.

Itens relacionados

Terras de Paço de Mato, Viadal, Vilar e Gatão

O Ondas voltou à Vale de Cambra para continuar a descobrir as suas bonitas aldeias ou reencontrar alguns amigos e começar o percurso onde antes tínhamos terminado, Paço de Mato.

Aldeia de Noninha na Serra de Montemuro

Ondas da Serra regressou ao local onde nasceu, nas encostas da Serra de Montemuro em Arouca. Não nos cansamos de trilhar os seus caminhos, respirar os seus ares e escutar os seus silêncios, por vezes distraídos pelos chocalhos dos rebanhos das vacas, cabras e ovelhas que já vão rareando.

De Ovar a Aveiro: sobre a importância do tempo

O Ondas da Serra, ou melhor o Sílvio, o Rui e eu, percorreu Ovar a Aveiro em bicicleta. A aventura começou no primeiro dia em que se ponderou fazer o caminho desde a cidade vareira à cidade dos canais, sempre com a Ria como apoio. Foram mais de 10 horas de percurso e perto de 90 quilómetros de caminho. Mais do que pedalar, ficar espalmado ou mergulhar os pés na lama, ficou a importância do tempo.

Faça Login para postar comentários
Pub