Pág. 1 de 56

A Câmara Municipal de Anadia, a Junta de Freguesia de Vila Nova de Monsarros, e a Associação Desportiva e Cultural de Vila Nova de Monsarros (ADCVNM), inauguram, no próximo domingo, dia 25 de fevereiro, pelas 10h00, o relvado sintético do Campo Val das Cavadas, sito no Complexo Desportivo de Vila Nova de Monsarros, numa cerimónia que contará com a presença de representantes de várias entidades oficiais.

O trilho da ponte de ferro começa e acaba em Travassô – Águeda, devendo o seu nome à ponte ferroviária sobre os Rio Velho e Águeda, por onde ainda passa o “Vouguinha”, na linha que liga Aveiro a Sernada do Vouga. Este percurso pode ser feito a caminhar ou de bicicleta.

Defesa da floresta contra incêndios manutenção das faixas de gestão de combustível

A obrigatoriedade de manutenção das faixas de gestão de combustíveis constitui uma das medidas preventivas previstas no Decreto Lei nº 124/2006, de 28 de junho com redação atual, com o objetivo de reduzir o número de incêndios rurais.

O Comando Territorial da Guarda Nacional Republicana de Aveiro, através do Núcleo de Proteção Ambiental de Ovar, no âmbito da Operação Meixão, realizou ontem, dia 6 de fevereiro, uma ação de fiscalização nos esteiros da ria de Aveiro, nomeadamente nas localidades de Estarreja e Canelas.

Há desfiles, bailes de máscaras e festas um pouco por toda a região. Saiba onde e quando

Chegou a altura do ano em que ninguém leva a mal as brincadeiras! Fevereiro é o mês do Carnaval e o Centro de Portugal é o destino para muitos foliões e visitantes em busca de diversão. Afinal, é nesta região que se vivem alguns dos Carnavais mais tradicionais e populares do país. De Ovar a Torres Vedras, da Figueira da Foz a Canas de Senhorim, de Alcobaça à Mealhada, não faltam os motivos de celebração, que prenunciam a chegada de dias mais longos e soalheiros.

Informação aos proprietários

A Câmara Municipal de Oliveira do Bairro publicou um edital, disponível no site da autarquia e em vários espaços municipais, com o objetivo de apelar à sensibilidade e sentido de cidadania dos seus munícipes, para que procedam à manutenção ou corte, nas suas propriedades, de arbustos, ramos, troncos e árvores pendentes para a via pública.

Pág. 1 de 56
Pub