Couto de Esteves | Trilho da Pedra Moura Anta da Cerqueira Ondas da Serra

Couto de Esteves | Trilho da Pedra Moura Destaque

Classifique este item
(0 votos)

O Ondas da Serra regressou a Couto de Esteves - Sever do Vouga, para se aventurar no Trilho da Pedra Moura que deve o seu nome a um antigo monumento funerário megalítico.

O percurso começa junto à bonita igreja de Couto de Esteves, que se apresenta de forma severa ao exterior e guarda a sua riqueza no interior, com os seus retábulos em talha dourada e um pequeno presépio com o menino Jesus muito detalhado. Se é crente reserve alguns minutos para agradecer ao seu Deus tudo o que de bom lhe acontece e tenha a humildade de reconhecer os seus erros.

Pelos caminhos rurais e florestais deste trilho, que serpenteiam pelos vales o visitante irá descobrir as aldeias de Cative e Cerqueira. A cada passo encontramos incrustados em antigos muros alminhas que protegeram o povo e que agora estão esquecidas. Estes ecos do passado relembram um tempo antigo de crenças que dotavam as pessoas duma força imensa para enfrentar as agruras da vida.

Leia também: Couto de Esteves | Trilho da Agualva

No vale do Rio Gresso uma levada de regadio acompanha o seu percurso e onde vimos pequenos anfíbios de todas as espécies que florescem devido às suas águas paradas e que saltavam à nossa frente num frenesim colorido.

O percurso passa por duas pequenas capelas a de N. Sra. Da Boa Hora em Catives e da Boa Viagem em Cerqueira, que vêem reforçar o carácter religioso destas gentes de outrora.

O ponto alto do percurso é a Anta da Cerqueira, conhecida popularmente pela Pedra Moura e nos remete para os nossos ancestrais que habitaram estes locais há cerca de 5000 anos atrás. 

 

 

  
 

Anta da Cerqueira/Pedra Moura

As antes ou dolmens são monumentos megalíticos funerários ligados ao ritual de enterramento coletivo, que foi utilizado na Europa Ocidental durante grande parte do Neolítico e Calcolítico. Uma Ante é constituída por uma câmara delimitada por lajes verticais (esteios), cobertas por outra laje de grandes dimensões a que se dá o nome de tampa.

A forma da câmara pode ser poligonal ou retangular e pode ter ou não um corredor de acesso, que é constituída por lajes verticais (normalmente de menores dimensões das da câmara), cobertas por lajes também mais pequenas do que a tampa.

Habitualmente está orientada a nascente. Os monumentos megalíticos eram cobertos por um montículo artificial de terra e/ou pedra a que se dá o nome de mamoa ou “tumulus”.

Por vezes apresentavam pinturas e/ou gravuras nos seus esteios, como é o caso da Anta de Chão Redondo, na freguesia de Talhadas deste concelho. A Anta da Cerqueira insere-se numa necrópole que conta atualmente com oito monumentos. Fonte CM Sever do Vouga

 

 

 

Igreja Matriz de Couto de Esteves

Igreja Matriz de Couto de Esteves, construída em granito, confere-lhe uma imagem exterior tradicional, singela e bastante antiga. No seu interior, destacam-se os retábulos em talha dourada, onde se destaque um painel do Menino Jesus, “Presépio”. Trata-se de um exemplar de grande valor artístico, pela sua beleza e minuciosidade, de dimensões reduzidas. Fonte CM Sever do Vouga

 

 

Lida 899 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social periódico, distribuído electronicamente, que visa através da inserção de notícias, promover a identidade regional, o turismo, e a divulgação/defesa do património natural, arquitectónico, pessoas, animais e tradições, dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, nomeadamente: Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra e Arouca e do forma mais geral dos restantes municípios do distrito.

Itens relacionados

Foz do Alge | Uma ode à mãe natureza

A povoação de Foz do Alge pertence à freguesia de Arega - concelho de Figueiró dos Vinhos, distrito de Leiria, do nosso Portugal. Este reino foi ali conquistado junto das águas do Rio Zêzere com as da Ribeira de Alge, num cenário de grande beleza, quebrada à volta pelos grossos mares de eucaliptos, que estão sempre à espreita para o aniquilar.

Vieira do Minho terra de contrastes

Vieira do Minho no sopé da Serra da Cabreira, vizinha do Parque Nacional da Peneda-Gerês, perto da azafama da área metropolitana do Porto, é um bom refugio para passar uns dias tranquilos, junto da natureza e vida selvagem.

Uma aventura no Parque Nacional da Peneda-Gerês

No norte de Portugal fica situado o nosso único parque nacional, todas as pessoas já ouviram falar dele, mas nem todas o visitaram. O seu vasto território e as suas riquezas permitem aos seus amantes ao longo dos anos terem sempre motivos para regressarem, aqui fica o testemunho duma destas viagens.