quinta, 02 fevereiro 2017 21:50

Carnaval de Ovar 2017

Classifique este item
(0 votos)

O Carnaval de Ovar atrai todos os anos milhares de forasteiros a terras vareiras. Este evento saiu para a rua, de forma organizada, em 1952. Venha conhecer a Capital da Folia!

Principais eventos do Carnaval de Ovar 2017:

04/2 - Abertura do Carnaval
12/2 - Chegada do Rei
19/2 - Desfile das Crianças
23/2 - Noite do Dominó (com Quim Barreiros)
24/2 - Noite da Farrapada
25/2 - Desfile de Escolas de Samba
26/2 - Corso Carnavalesco
27/2 - Matiné Infantil e Noite Mágica
28/2 - Corso Carnavalesco

 

A "HISTÓRIA" NASCEU ASSIM

Certo dia de 1952, ano que passa à história como o "Ano do Graça", quando faltava cerca de um mês para o Carnaval, em conversa no "Notícias de Ovar", onde colaboravam e se juntavam frequentemente Torres Pereira, Aníbal Emanuel e José Maria da Graça, o primeiro desabafou a sua admiração por ver, todos os anos e desde que residia em Ovar, tantos mascarados dando largas à sua fantasia, em pequenos grupos ou isolados, pelas ruas da Vila, no Entrudo e nos tempos que o antecedem. E manifestou o gosto que teria em juntá-los e fazer com eles uma grande festa. À ideia aderiram imediatamente os outros dois amigos — e logo ali começaram a "arquitetar" o primeiro comprimido da vitamina que, todos os anos, a gente desta terra passou a ingerir, primeiro por gosto, depois por hábito, agora... por necessidade! Esboçada a festa, puseram-se a questão óbvia: "E como é que vai ser quanto ao capital?" Com a ideia na "manga", foram a casa do presidente da Câmara, António Coentro de Pinho, "lançar a escada". Recetivo, Coentro de Pinho, prontificou-se a conseguir o apoio financeiro da Câmara e da Junta de Turismo do Furadouro, que era presidida pelo seu amigo Francisco Ramada e ofereceu o seu Jornal para a propaganda incondicional da festa. Dado o pouco tempo que faltava para o Entrudo, Coentro de Pinho alertou o "triunvirato": — "Vocês já viram no que se estão a meter?". Meteram-se e foi o que se viu... Mobilizaram os bairros e, em menos de um mês, construíram a Bastilha e assaltaram-na. É obra! Depois, apertaram simplesmente "o bacalhau" e, sorrindo, posaram para a posteridade... conforme "boneco" abaixo. TEXTO: A. Hugo Colares Pinto (Excerto do livro "Carnaval de Ovar - 1952-1993", de Rui Fernandes, Álvaro Rocha e Delfim Rodrigues)                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                 

 

OS TRÊS SONHADORES

José Alves Torres Pereira - Natural da Póvoa do Varzim. Foi o homem que, através do jornal "Notícias de Ovar", do qual era colaborador, conseguiu mobilizar a população de Ovar para a ideia do Carnaval organizado.

Aníbal Emanuel da Costa Rebelo - Natural do Porto. Era, então, chefe dos serviços de publicidade da firma F. Ramada e sobre os seus ombros recaiu  a responsabilidade pela orientação artística dos primeiros Carnavais organizados.

José Maria Fernandes da Graça - Natural de Ovar. Funcionário da Junta de Turismo e colaborador do "Notícias de Ovar", foi o trabalhador incansável e imprescindível na organização de todas as tarefas e atividades em que assentou o Carnaval organizado desde o primeiro e durante muitos anos.

FOTO da capa: Fernando Pinto

Lida 555 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social periódico, distribuído electronicamente, que visa através da inserção de notícias, promover a identidade regional, o turismo, e a divulgação/defesa do património natural, arquitectónico, pessoas, animais e tradições, dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, nomeadamente: Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra e Arouca e do forma mais geral dos restantes municípios do distrito.

Itens relacionados

São João de Fontoura na Rota dos Cerejais

Os vastos horizontes que se têm aberto ao Ondas da Serra levaram-nos para fora de Aveiro para ver outras maravilhas do nosso país, desta vez fomos até São João da Fontoura em Resende, para degustarmos a sua Rota dos Cerejais.

Caldas de São Jorge | Terra de mártir, poesia, rio e águas termais

Caldas de São Jorge é uma freguesia de Santa Maria da Feira, bastante conhecida pelas suas águas termais, mas que tem outras riquezas à espera de serem descobertas.

Solange Duarte: “Como não amar ser vareira de gema?”

Solange Duarte nasceu a 16 de janeiro de 1990, na cidade de Ovar, e ama “toda a história e magia que a cidade tem”. Falamos com D. Sol, a Irradiante, rainha do Carnaval de Ovar de 2019 e vareira de gema, sobre uma das maiores festas do concelho e os projetos para o futuro.