Entre Ambos-os-Rios | Uma península fluvial Rio Tamente - Entre Ambos-os-Rios - Ponte da Barca Ondas da Serra

Entre Ambos-os-Rios | Uma península fluvial Destaque

Classifique este item
(0 votos)

Localizada no concelho de Ponte da Barca, a freguesia de Entre Ambos-os-Rios, não é uma jangada de pedra, embora a sua península formada pelos rios Lima, Tamente e Froufe pareça ter uma grande vontade de ir conhecer o oceano atlântico lá para os lados de Viana do Castelo.

Capela de São Tomé - Lourido - Entre Ambos-os-Rios - Ponte da BarcaNa bonita região do Minho, junto do Parque Nacional Peneda-Gerês e da Serra Amarela, a localidade de Entre Ambos-os-Rios nasceu por casualidade geográfica entre dois rios que ali se encontram com o Lima.

Parque de campismo com bungalows

Nesta foz fluvial só sobejou um pedaço de terra, muito arborizado, cheio de ruidosa e afinada passarada. Aqui foi construído um bonito, aprazível e organizado parque de campismo, com bonitos bungalows, com uma vista soberba para o rio . É pena os caninos andarem de rédea solta por entre os campistas, debaixo do telheiro dos grelhados e demais lugares que lhes aprouver, embora as regras não o permitam, mas enquanto ninguém for mordido ou acontecer uma desgraça, não se tranca a porta.

Cascatas e lagos em Entre Ambos-os-Rios

Apesar de termos passado apenas um fim-de-semana no local ainda fomos a banhos nas lagoas e quedas de água do rio Froufe, Lagoa de Chão d’Além, Poço de Froufe e Cascata da Ermida.

O Vale que dá acesso à cascata é duma grande beleza, a estrada estreita que serpenteia os montes da Serra Amarela, não permite em alguns locais o cruzamento com segurança das viaturas, por isso é preciso cuidado.

Estávamos no parque de campismo a estudar o mapa da região e relembramos uma terra chamada COVIDE, perto do Campo de Gerês onde já estivemos a almoçar num restaurante tradicional no ano passado longe de imaginar o medo e desgraça que um seu maléfico parente iria provocar.

No domingo bem cedo, ainda os pássaros acordavam e já pedalávamos de bicicleta por estas terras e a meio da manhã paravamos na aldeia do Lourido, junto à capela de São Tomé, para admirar um arco com um São João cabisbaixo, talvez por não lhe ofertarem as honrarias populares habituais. Pedimos a este santo e demais que intercedam pelo homem para debelar tão grande infortúnio que sobre ele caiu.

No regresso passamos por Ponte de Lima, onde decorria a feira semanal para beber uns verdes com a ponte medieval defronte e almoçar o seu saboroso arroz de sarrabulho. Relembramos as vezes que transpusemos esta antiga passagem a caminho de Santiago de Compostela e com a Serra da Labruja ali tão perto a clamar por nós, já vamos.

Leia também: Bom caminho - Buen camino

Decididamente havemos de regressar a esta região, onde as pessoas são de boas falas, as terras de boa comida e as águas não são grossas.  

 

 

Lida 852 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social periódico, distribuído electronicamente, que visa através da inserção de notícias, promover a identidade regional, o turismo, e a divulgação/defesa do património natural, arquitectónico, pessoas, animais e tradições, dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, nomeadamente: Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra e Arouca e do forma mais geral dos restantes municípios do distrito.

Itens relacionados

Foz do Alge | Uma ode à mãe natureza

A povoação de Foz do Alge pertence à freguesia de Arega - concelho de Figueiró dos Vinhos, distrito de Leiria, do nosso Portugal. Este reino foi ali conquistado junto das águas do Rio Zêzere com as da Ribeira de Alge, num cenário de grande beleza, quebrada à volta pelos grossos mares de eucaliptos, que estão sempre à espreita para o aniquilar.

Vieira do Minho terra de contrastes

Vieira do Minho no sopé da Serra da Cabreira, vizinha do Parque Nacional da Peneda-Gerês, perto da azafama da área metropolitana do Porto, é um bom refugio para passar uns dias tranquilos, junto da natureza e vida selvagem.

Uma aventura no Parque Nacional da Peneda-Gerês

No norte de Portugal fica situado o nosso único parque nacional, todas as pessoas já ouviram falar dele, mas nem todas o visitaram. O seu vasto território e as suas riquezas permitem aos seus amantes ao longo dos anos terem sempre motivos para regressarem, aqui fica o testemunho duma destas viagens.